Desenvolvendo para SQL Azure (Performance-Driven Development)


Hoje li um post em um blog sobre Desenvolvimento baseado em Performance (Performance-Driven Development) e gostaria de comentar com vocês

Hoje em dia quando desenvolvemos um T-SQL, vamos lá fazemos um “SELECT *” só para “dar uma olhada nos dados”, faço um JOIN outro SELECT *, mais um JOIN outro SELECT *, porém quando estamos desenvolvendo sobre o SQL Azure onde os dados trafegados pela rede são cobrados, começamos a quebrar o paradigma dos SELECTs aleatórios, devemos pensar melhor cada select feito na base como por exemplo imagina que existe um campo binario, você esta fazendo os testes e manda um SELECT * e da-lhe cobrança 😛

Será que começaremos a ser cobrados ($$$) por código ruim???

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s